Follow by Email

domingo, 4 de dezembro de 2016

Sobreviver: Benção ou castigo?

Ainda falando sobre #somostodoschape...

Meu coração fica muito apertado quando penso naqueles que sobreviveram, ou que perderam por alguma razão o voo.

Sobreviver: este Milagre tem nome.  Bênção, missão, sorte, entre outros. Verdade!


Mas penso em como é ser sobrevivente. Como a própria palavra diz, Sobre - vive.  Sobreviver nem sempre é viver plenamente.

Não deve ser tranquilo acordar com a sensação de que você deveria ser muito feliz e grato,  pois foi abençoado.  Junto disso você vai carregar todas as lágrimas dos que perderam seus entes queridos todas as vezes que te olharem,  vai carregar todos os sorrisos não dados dos que se foram, todos os sonhos sonhados juntos e não realizados.

Existe um fenômeno chamado "A culpa do sobrevivente" que acomete muitos dos que ficam. Não é um fenômeno exclusivo de sobreviventes de tragédias de grande porte. Sofrem filhos que sobrevivem à morte de um irmão, sofre o que sobrevive depois de um acidente banal de carro, onde o outro morre.  Ou ainda, quem sai com vida de um desabamento e seus companheiros não. OU ainda de um naufrágio onde companheiros de viagem não resistiram. Ou sofre aquele que não embarcou pois perdeu a hora ou o passaporte.

Sobreviver implica em ter autorização para ser feliz e em não ter a culpa de ser feliz, enquanto este direito foi negado a quem partiu... 
 
É preciso saber encontrar a bênção da dádiva de sobreviver, pois do contrario acontecerá um pacto com o "morrer em vida".

Sobreviver é um árduo trabalho.

Meu coração se angustía pelos que ficaram...

(dezembro/2016)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário